Tamanho do texto

Governo anunciou aumento imediato do controle e vigilância na região onde a vítima foi encontrada

 A República Dominicana confirmou neste domingo que um cidadão haitiano de 53 anos foi o primeiro a morrer vítima de cólera no país e anunciou imediatamente um aumento no controle e na vigilância na região onde ocorreu o óbito. O Ministério da Saúde Pública local disse que os estudos realizados no corpo de Renauld Francois confirmam sua morte por cólera.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.