Tamanho do texto

Washington, 30 abr (EFE).- A rainha Noor da Jordânia teve problemas para entrar hoje na Casa Branca, onde tinha um compromisso, e chegou a ser barrada por agentes serviço secreto do Governo dos Estados Unidos.

A monarca tinha uma reunião com Valerie Jarrett, assessora do presidente americano, Barack Obama. Ao entrar pela porta noroeste, destinada aos visitantes, mostrou seu passaporte jordaniano, mas foi barrada, segundo o site "Politico". Os agentes alegaram que seu nome não estava na lista.

A rainha, que nasceu nos EUA de família de origem libanesa, ficou na porta até a chegada de dois funcionários da Casa Branca, que resolveram o problema. Apesar da espera, a monarca não perdeu o sorriso. EFE mv/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.