Tamanho do texto

Quatro bombas de baixa potência explodiram neste domingo em zonas turísticas da Cantábria (norte da Espanha), três delas próximas a praias e uma quarta em um campo de golfe, após uma ligação telefônica de aviso em nome do ETA aos bombeiros, informou a delegação do governo na Cantábria.

"Quatro bombas explodiram, sem deixar vítimas", afirmou à AFP um porta-voz da delegação do governo.

Os bombeiros receberam pela manhã uma ligação telefônica em nome da organização separatista armada basca ETA, alertando para as explosões iminentes e para a localização das bombas. As zonas foram esvaziadas imediatamente.

A primeira bomba explodiu por volta das 12h00 locais (07h00 de Brasília) no Paseo Marítimo de Laredo e a segunda em uma duna da praia de Noja. A cerca de 300 metros da primeira, explodiu a terceira.

A detonação dos artefatos não deixou feridos, apenas pequenos danos materiais.

O quarto artefato explodiu no início da tarde em um campo de golfe de Noja, segundo a delegação.

As praias de Laredo e Noja, situadas praticamente a meio caminho entre Santander (Cantábria) e Bilbao (País Basco), são muito freqüentadas no verão pelos espanhóis, mas no domingo de manhã estavam quase desertas.

Desde o rompimento da trégua com o governo espanhol em junho de 2007, o ETA matou quatro pessoas.

No total, o ETA, que faz parte da lista de organizações terroristas da União Européia, é considerado responsável pela morte de 823 pessoas em 40 anos de violência.

vg/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.