Tamanho do texto

Quatro palestinos das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, que haviam escapado de uma prisão em Nablus (Cisjordânia) e eram procurados por Israel, se entregaram à Autoridade Palestina.

Os quatro homens, que integram as brigadas, vincluadas ao movimento Fatah do presidente da Autoridade Palestina Mahmud Abbas, haviam fugido, ao lado de outros oito detentos, na semana passada da prisão de Jneid.

Eles se entregaram após negociações com o governador de Nablus, segundo uma fonte oficial.

Na terça-feira a cidade antiga de Nablus foi cenário de violentos confrontos entre o grupo de fugitivos e as forças de segurança que tentavam prender novamente os detentos.

str-mel/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.