Tamanho do texto

Pequim - Cerca de 25% dos bebês saudáveis de Pequim consumiram alguma vez leite em pó contaminado, segundo uma pesquisa realizada com 307. 779 famílias com filhos, publicada hoje pela agência oficial de notícias, Xinhua.

A pesquisa, feita entre 20 de setembro e 24 de outubro, determinou que, de entre os entrevistados, todos eles com filhos abaixo dos 3 anos, 75.474 tinham tomado o produto adulterado com melamina.

A melamina é um composto químico utilizado na fabricação de plásticos e resinas com o qual se pretendiam falsificar os níveis de proteínas em diversos produtos lácteos.

O escândalo do leite contaminado na China causou a morte de pelo menos quatro bebês e afetou mais de 50.000 crianças, das quais mais de 3.000 continuam sob tratamento, além de ter reavivado o medo no exterior dos produtos "Made in China".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.