Tamanho do texto

Londres, 28 jul (EFE).- Os pubs britânicos renunciaram a um código de conduta voluntário pelo qual se abstinham de competir entre eles com ofertas de bebidas alcoólicas que induziam ao consumo indiscriminado.

Essa renúncia causou preocupação na Polícia, que pediu ao Governo que regulamente o setor para impedir guerras de preços que farão com que se estenda o grave problema social do excesso do consumo de bebida alcoólica.

"É hora de o Governo tomar medidas e legislar para garantir que o setor atue com responsabilidade", afirma Chris Allison, da Associação de Chefes da Polícia, citado hoje pelo jornal "The Guardian".

Milhares de pubs e de bares do Reino Unido tinham aderido a esse código que proíbe a promoção "agressiva" de bebidas, elaborado pela British Beer and Pub Association (BBPA).

No entanto, a BBPA - cujos membros são donos de mais da metade dos 57.000 pubs que existem no Reino Unido - renunciou agora a seu próprio código, argumentando que viola as leis européias a favor da concorrência.

O código da BBPA proibia o incentivo ao consumo rápido e em quantidades maciças de álcool, incluindo os convites às mulheres a beber de graça.

Alguns clubes noturnos que não pertencem a essa associação já começaram a oferecer fortes descontos em todo tipo de bebida, incluindo as de maior teor alcoólico. EFE jr/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.