Tamanho do texto

Ao todo já foram encontrados 121 corpos na região desde abril

Outras 11 ossadas humanas foram encontradas em uma vala clandestina no estado mexicano de Durango, elevando para 121 o número de corpos localizados na região desde abril, informou nesta quarta-feira a promotoria do país.

Os cadáveres, dez deles pertencentes a homens, foram encontrados na cidade de Durango, capital do estado de mesmo nome, no mesmo bairro (Vicente Suárez) onde outros seis corpos foram localizados na terça-feira.

Desde o início de abril foram encontradas três valas clandestinas na cidade, mas não há detalhes sobre o cenário do caso.

Segundo a imprensa local, o estado, que faz parte do chamado "triângulo de ouro" das drogas no México, vive uma guerra entre facções do Cartel de Sinaloa que buscam controlar o mercado local de entorpecentes.

Paralelamente às operações em Durango, as autoridades mexicanas encontraram nas últimas semanas 183 corpos em 40 valas clandestinas no estado de Tamaulipas. Os cadáveres correspondem a vítimas de sequestro, em sua maioria passageiros de ônibus interurbanos, do cartel Los Zetas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.