Tamanho do texto

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira mudanças para reforçar as listas de vigilância sobre suspeitos e para aumentar os controles nos aeroportos, após o atentado frustrado do Natal.

Obama assumiu a responsabilidade pelo fracasso sistêmico entre as agências de Inteligência para detectar o plano de ataque no dia 25 de dezembro passado.

"Quando o sistema falha, eu sou o responsável", disse Obama sobre a tentativa de atentado de um jovem nigeriano contra um avião americano que seguia de Amsterdã para Detroit no Natal.

col/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.