Tamanho do texto

Exilados tibetanos que vivem ilegalmente em Katmandu serão deportados para reduzir os protestos contra a China que afetam as relações do Nepal com o país vizinho, anunciaram autoridades nepalesas.

Os tibetanos exilados da China protestam quase diariamente na capital nepalesa desde a repressão chinesa de março no Tibete, iniciada após uma rebelião na região.

"O governo começou a investigar os casos de tibetanos que vivem no Nepal. Os que não tiverem documentos legais serão deportados", afirmou o porta-voz do governo, Modraj Dottel.

dds/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.