Tamanho do texto

Navios de guerra russos partiram nesta segunda-feira de sua base do Ártico rumo à Venezuela, onde realizarão manobras conjuntas sem precedentes com seus pares do país latino-americano, cujo presidente, Hugo Chávez, visita Moscou nesta semana.

Segundo um porta-voz da marinha russa, entre os navios que iniciaram viagem estão o cruzador de propulsão nuclear 'Pedro, o Grande', do navio anti-submarinos 'Almirante Chebanenko' e outras embarcações de acompanhamento.

O canal público de televisão Vesti-24 mostrou a artilharia pesada dos navios disparando mar adentro, em preparação das manobras conjuntas com a marinha venezuelana, exercício inédito desde o fim da Guerra Fria no Caribe, que os Estados Unidos consideram sua área de influência.

ao/cb/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.