Tamanho do texto

O número dois da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, atacou violentamente o presidente paquistanês, Pervez Musharraf, ao defini-lo como um dos maiores inimigos do Islã em uma mensagem sonora em inglês difundida na internet neste sábado.

Na mensagem, Zawahiri critica o exército paquistanês e o define como "um bando de mercenários" controlados pela administração americana.

"Pervez (Musharraf) acabou se tornando um dos maiores inimigos do Islã, se não o maior", disse Zawahiri em sua mensagem, divulgado por um site usado pelos grupos islamitas e cuja autenticidade não pôde ser até agora verificada.

Zawahiri -que é o braço direito de Osama bin Laden, o líder da Al-Qaeda- também condena Musharraf por ajudado a destruir o emirado muçulmano no Afeganistão, referindo-se à guerra realizada pelos EUA no Afeganistão após os atentados de 11 de Setembro de 2001 que derrubou o regime dos talibãs afegãos e Saddam Hussein.

Segundo Zawahiri, "o assalto" cntra a Mesquita Vermelha de Islamabad, em julho de 2007, "mostra o horrível rosto antiislâmico dos dirigentes militares do Paquistão".

ak/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.