cadela
Reprodução/Facebook
A chihuahua parecia muito nervoso depois de receber a tarefa



Pessoas de todo o mundo estão sendo instruídas a ficar em casa, em um esforço para retardar a propagação do coronavírus . Embora muitas delas ainda possam sair e comprar itens essenciais, há aquelas que se isolam e, muitas vezes, precisam contar com a ajuda dos outros.

Mas e os itens não essenciais, como as guloseimas pelas quais se tem desejo e que não desaparece até que se esteja satisfeito? Coisas importantes, como batatas fritas, por exemplo?

Um homem - com um sério desejo de comer alguns salgadinhos - planejou transformar seu sonho em realidade, com uma pequena ajuda do melhor amigo do homem. Antonio Muñoz, do México, estava em casa há apenas três dias, quando pediu a ajuda de sua chihuahua de estimação realizar a tarefa.

Colocando dinheiro na coleira do cadela, ele anexou um bilhete, que dizia: "Olá, senhor lojista. Por favor, venda para minha cadela um Cheetos, do pacote laranja, não do vermelho, ele arde muito. Ela tem US$ 20 presos na coleira. AVISO : Ela morderá se não for tratada bem. Seu vizinho da frente."

lista
Reprodução/Facebook
No bilhete havia instruções para o lojista


A chihuahua, parecendo visivelmente nervosa no primeiro dia do novo emprego, foi enviada e, de alguma forma, voltou com um pacote entre os pequenos dentes.

Antonio capturou o incrível momento em que seu animal de estimação trotou de volta para a rua, segurando um saco quase do seu tamanho, e postou a história no Facebook com a legenda: "Dia três da quarentena. Eu queria meus Cheetos."

    Veja Também

      Mostrar mais