Tamanho do texto

Testemunhas dizem que mulher de 24 anos caiu ao tentar pegar seu celular. Corpo foi triturado pela máquina, com exceção das pernas, nesta quarta-feira

Svetlana Roslina morreu depois de cair no misturador de chocolate da fábrica onde trabalhava
Pixabay
Svetlana Roslina morreu depois de cair no misturador de chocolate da fábrica onde trabalhava

Uma mulher mãe morreu depois de cair em um misturador de chocolate quente nesta quarta-feira (14). O acidente aconteceu na fábrica onde trabalhava em Fedortsovo, na Rússia.  A vítima, Svetlana Roslina, de 24 anos, era casada e mãe de dois filhos com menos de cinco anos.

MAIS EM:  Chocolate protege o cérebro, diz estudo

Ainda não se sabe ao certo o que levou Svetlana a cair. Alguns acreditam que ela tentava resgatar seu celular, que havia caído no chocolate da enorme máquina. Entretanto, a polícia está investigando a possibilidade de que ela estaria despejando ingredientes no misturador quando acabou se desestabilizando e despencou.

De acordo com testemunhas, as pás do enorme misturador moeram o corpo de Svetlana. Como caiu de cabeça, suas pernas ficaram acima do chocolate e, por isso, foi a única parte do corpo da mulher que se manteve intacta. O resgate chegou logo cedo, mas o acidente foi tão brutal que a mulher morreu na hora.

Morte por chocolate

Um acidente semelhante aconteceu em uma fábrica em Nova Jérsei, nos Estados Unidos, em 2009. O funcionário temporário Vincent Smith II, de 22 anos, estava em uma plataforma acima do misturador despejando chocolate, que seria derretido, quando caiu dentro da máquina.

MAIS EM:  Estudo vincula consumo de chocolate a redução de 30% em doenças cardíacas

Um colega de Vincent, que também era funcionário da fábrica e viu a queda, tentou desligar a máquina, mas já era tarde demais. O jovem sofreu ferimentos letais ao ser atingido pelas pás do misturador. O socorro chegou rapidamente, apenas 10 minutos após o acidente, mas ele já havia morrido.

Afogado

Em 2002 Yoni Cordon, 19, morreu na fábrica de chocolate onde trabalhava na Filadélfia, Estados Unidos. Ao contrário dos outros casos, Yoni não morreu por causa do misturador, mas sim afogado em chocolate. Por causa da densidade do chocolate, ele foi absorvido como se estivesse em areia movediça e se afogou.

MAIS EM:  Ator de 'A Fantástica Fábrica de Chocolate' morre aos 82 anos

Depois de ficar desaparecido, a polícia foi procurar o garoto, que foi encontrado imerso em mais de 4,5 mil litros de chocolate. De acordo com as autoridades, só seria possível salvar Yoni se ele tivesse ajuda imediata. O acidente ocorreu no fim da tarde e mais ninguém estava no local no momento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.