Tamanho do texto

Médicos passaram duas horas realizando a cirurgia para a retirada total dos cálculos; problema teria sido causado pelo excesso de tofu que o paciente chinês consumia

Médicos chineses passaram horas realizando uma cirurgia para a retirada de 420 pedras no rim de um paciente na China. O problema teria sido causado pelo excesso de tofu que o homem consumia.

De acordo com o site "The Telegraph", identificado apenas como He, o paciente foi levado ao hospital após reclamar de fortes dores no abdômen. Uma tomografia revelou que seu rim esquerdo estava repleto de pedras, a maioria delas bem pequenas.

Tomografia revelou que o rim esquerdo do paciente chinês estava repleto de pedras
Reprodução/Youtube
Tomografia revelou que o rim esquerdo do paciente chinês estava repleto de pedras

Os médicos então precisaram operar He na última sexta-feira (5) e demoraram cerca de duas horas para completar a cirurgia. 

"Eu trabalho como médico há 30 anos e nunca vi tantas pedras", disse o cirurgião Zhou Changchun.

O número elevado de cálculos nos rins de He se deve ao consumo excessivo de tofu. O alimento contém sulfato de cálcio, que não pode ser expelido do corpo sem uma ingestão suficiente de água.

Para o cirurgião-chefe Wei Yubin, o rim do paciente teria parado de funcionar e precisaria ser removido se ele tivesse demorado um pouco mais para ir ao hospital. 

"Nós passamos 45 minutos apenas retirando as pedras minúsculas", afirmou o médico. "Depois da cirurgia, minhas mãos e pernas estavam dormentes."

Leia também:

Em expedição no polo sul, médico russo operou a si mesmo por apendicite

Britânico de 51 anos espirra brinquedo que ele aspirou quando era criança

Após a operação, o homem disse que já tinha um histórico de pedras nos rins. Há 20 anos, ele precisou passar por um procedimento chamado litotripsia, técnica que reduz o tamanho dos cálculos por meio de esmagamento ou trituração e faz com que elas sejam eliminadas pela urina.

Pedras nos rins são bastante comuns e geralmente afeta pessoas com idades entre 30 e 60 anos. Segundo o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, estima-se que a cólica renal afeta cerca de 10 a 20% dos homens e três a cinco por cento de mulheres.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.