Tamanho do texto

Helsinque, 23 set (EFE).- Matti Juhani Saari, o estudante de 22 anos que hoje matou a tiros nove pessoas em uma escola de formação profissionalizante da localidade finlandesa de Kauhajoki, morreu poucas horas após cometer o massacre.

O médico chefe do Hospital Universitário de Tampere, Matti Lehto, anunciou que o jovem morreu em conseqüência de um tiro disparado pelo mesmo na cabeça para se suicidar, após protagonizar o massacre na pequena localidade do oeste da Finlândia.

A ministra do Interior finlandesa, Anne Holmund, tinha informado pouco antes que a Polícia interrogou ontem ao jovem, mas decidiu não tomar nenhuma medida contra ele porque não o considerou perigoso.

EFE jg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.