Tamanho do texto

Taipé, 25 out (EFE).- Centenas de milhares de taiuaneses protestaram hoje contra o que qualificam de incompetência do Governo e a prevista chegada à ilha do negociador chinês Chen Yunlin, em uma manifestação organizada pelo opositor Partido Democrata Progressista (PDP).

Cerca de cinco mil policiais se encarregaram da manutenção da ordem no protesto, que transcorreu pelo centro de Taipé, com participantes da capital e os que viajaram em aproximadamente 800 ônibus de toda a ilha.

"Queremos a renúncia do primeiro-ministro e protestamos contra a ameaça chinesa à soberania, segurança e saúde da ilha", disse a presidente do opositor PDP, Tsai Ing-wen, que liderou a manifestação.

A dirigente opositora assinalou que a chegada à ilha do negociador chinês "representa um sério risco para a soberania e a democracia, porque procura impor como único futuro a união com a China".

O PDP anunciou a organização de uma série de atos públicos em protesto contra a chegada à ilha de Chen Yunlin, que aconteceu no dia 3 de novembro. EFE flp/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.