Tamanho do texto

Um menino palestino de 9 anos morreu nesta terça-feira por disparos israelenses no povoado de Nilin, Cisjordânia, onde se realizava um manifestação contra o muro da separação.

Nesse povoado próximo a Ramallah explodiram confrontos entre manifestantes que jogavam pedras e soldados israelenses que abriram fogo, segundo um membro do comitê de Nilin contra o muro da separação.

Hamad Hosam Mussa ficou gravemente ferido no tórax e morreu a caminho do hospital.

str-mel/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.