Tamanho do texto

O candidato republicano, John McCain, disse nesta quinta-feira que se for eleito presidente trabalhará para estabelecer boas relações com a Rússia, mas advertiu que os Estados Unidos não podem fechar os olhos diante da agressão, durante seu discurso na Convenção Republicana.

"Como presidente, trabalharei para estabelecer boas relações com a Rússia, para que não tenhamos que temer a volta da guerra fria, mas não podemos fechar os olhos à agressão ou ao que viole a lei internacional e ameace a paz e a estabilidade do mundo e a segurança do povo americano".

"Invadiram um vizinho pequeno e democrático para ter mais controle sobre as reservas mundiais de petróleo, intimidar outros vizinhos e avançar em sua ambição de reunificar o Império Russo", destacou McCain sobre a operação na Geórgia.

"O valente povo georgiano precisa de nossa solidariedade e de nossas orações".

"Sei como o mundo funciona, conheço o bom e o mau, e vou trabalhar pela paz e me levantar contra os que não querem a paz", destacou o candidato republicano, que prometeu usar toda a sua "experiência" para construir uma "paz duradoura" no mundo.

jkb/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.