Tamanho do texto

A morte da princesa Diana e seu namorado Dodi Al Fayed, em agosto de 1997, em um túnel de Paris, foi resultado de um homicídio por negligência dos motoristas do veículo em que viajavam e os carros que os perseguiam, determinou nesta segunda-feira o júri reunido em Londres.

Ao término de uma na investigação judicial no Alto Tribunal de Londres, as seis mulheres e os cinco homens membros do júri decidiram por unanimidade que a morte da princesa e seu namorado foi "homicídio por negligência" do motorista da Mercedes em que viajavam e dos veículos dos paparazzi que perseguiam o casal.


Leia mais sobre: morte de Diana

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.