Tamanho do texto

TEERÃ (Reuters) - A jornalista iraniana-americana Roxana Saberi interrompeu a greve de fome que vinha promovendo após duas semanas recusando comida na prisão Evin, no Teerã, informou seu pai à Reuters nesta quarta-feira. A repórter, 32 anos, voltou a comer nesta quarta-feira após iniciar a greve de fome no dia 21 de abril, em protesto contra sua sentença de oito anos de prisão sob a acusação de espionagem para os Estados Unidos, disse seu pai, Reza Saberi.

(Reportagem de Fredrik Dahl)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.