Tamanho do texto

A ex-refém da guerrilha das Farc, Ingrid Betancourt, afirmou ter a impressão de que este grupo rebelde e o governo do presidente colombiano Alvaro Uribe estão buscando espaços que lhes permitam iniciar um diálogo.

Falando a um programa da rádio Caracol, Betancourt, resgatada em julho passado depois de permanecer mais se seis anos em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), afirmou ter recebido relatórios de que este grupo está interessado em buscar contatos com o exterior e que, por outro lado, percebe em Uribe uma pessoa 'disposta a abrir espaços para um diálogo com os rebeldes.

hov/cn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.