Tamanho do texto

Não há registro de mortes; o incidente ocorre em meio à comoção no país após incêndio em prisão matar ao menos 358 pessoas

Um grande incêndio destruiu neste sábado dois mercados populares de Tegucigalpa, capital de Honduras, sem nenhum registro de morte de acordo com relatórios dos bombeiros. O incêndio ocorre apenas quatro dias após o fogo destruir um presídio e matar ao menos 358 pessoas .

O incidente, cujas causas ainda são desconhecidas, começou por volta das 17h (de Brasília). De acordo com um bombeiro, o incêndio "é de grandes proporções, digamos que incalculáveis".

O incêndio se originou no Mercado Colón e se estendeu ao contíguo Mercado de San Isidro, ambos localizados em uma rua onde se encontra outra dessas estruturas, o Mercado das Américas.

Na mesma semana: Incêndio em prisão de Honduras deixa centenas de mortos

O prefeito de Tegucigalpa, Ricardo Álvarez, chegou ao local e declarou à imprensa que a situação é "lamentável e dolorosa".

Além disso, indicou que o Governo local ajudará na medida de suas possibilidades os comerciantes a recuperarem seus pontos de venda.

Os bombeiros, que mobilizaram todas suas unidades em Tegucigalpa, tiveram problemas porque alguns de seus caminhões ficaram desabastecidos e nos hidrantes próximos também não havia água, segundo fontes do organismo.

O incidente acontece em meio à comoção em Honduras pelo incêndio de uma prisão no centro do país, na quarta-feira passada, que custou a vida de 358 pessoas.

Incêndio destrói mercados no centro da capital de Honduras
EFE
Incêndio destrói mercados no centro da capital de Honduras

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.