Tamanho do texto

Caracas, 27 jun (EFE).- A direção do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), do presidente Hugo Chávez, expulsou hoje o governador do estado de Carabobo, o general Luis Felipe Acosta.

O vice-presidente do PSUV, Alberto Müller Rojas, disse em entrevista coletiva que o governador de Carabobo "estava prejudicando com sua conduta os fins do partido".

Chávez acusou Acosta nas últimas semanas de desacatar os resultados de recentes pleitos internos do PSUV que não lhe favoreceram para tentar a reeleição ao Governo de Carabobo, em novembro.

Na última terça-feira, o presidente venezuelano afirmou que Acosta deixará o governo em novembro "pela porta dos fundos", e o acusou de ter "perdido o rumo e toda a capacidade de reflexão". EFE gf/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.