Tamanho do texto

Trieste (Itália), 26 jun (EFE).- Os ministros de Exteriores do chamado Grupo dos Oito (G8, que reúne os países mais industrializados e a Rússia) reiteraram hoje na cidade italiana de Trieste seu apoio à fórmula da coexistência pacífica de dois povos, dois Estados, um palestino e outro israelense, no Oriente Médio.

Em declaração conjunta, assinada também pela União Europeia (UE) e oferecida após a primeira sessão de trabalho da cúpula do G8 de Exteriores em Trieste, os representantes do grupo pediram que tanto israelenses quanto palestinos "cumpram com suas obrigações" recolhidas no chamado "Mapa de Caminho".

Entre essas obrigações, o G8 e a UE incluem "um congelamento dos assentamentos (assim como seu 'aumento natural') e uma inequívoca cessação da violência e do terrorismo", diz a nota de conclusão do encontro mantido esta manhã entre G8 e UE.

Está previsto que por volta das 10h15 (horário de Brasília) aconteça uma entrevista coletiva do chamado "Quarteto para o Oriente Médio" (EUA, UE, Rússia e ONU) para falar da reunião mantida neste G8 de Exteriores, que termina amanhã. EFE mcs/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.