Tamanho do texto

Dezenas de pessoas ficaram feridas em uma explosão na noite de quinta-feira em Minsk, durante um concerto ao ar livre na presença do presidente de Belarus, Alexander Lukashenko.

"Quase 40 pessoas ficaram feridas. Sofreram diferentes tipos de ferimentos, alguns graves, mas ninguém morreu", declarou o ministro do Interior, Vladimir Naumov.

A agência russa Interfax anunciou um balanço de 50 pessoas internadas.

Testemunhas afirmaram à agência ter visto muito sangue após a explosão, com partes de corpos espalhados pelo local.

As agências russas não informaram se Lukashenko estava no local no momento exato da explosão.

O chefe de polícia de Minsk, Anatoli Kuleshov, declarou à agência Itar-Tass que suspeita de um ato criminoso.

Uma segunda bomba foi encontrada na capital de Belarus na mesma área da explosão de quinta-feira à noite, segundo o ministro do Interior, Vladimir Naumov.

Quase 2.000 músicos participariam no grande concerto ao ar livre, com o nome "Somos bielo-russos", organizado para celebrar o dia da independência da antiga república soviética.

bur-dt-uh/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.