Tamanho do texto

Um cidadão americano nascido em Taiwan foi condenado a mais de 15 anos de prisão nos Estados Unidos após se declarar culpado de espionagem em benefício da China.

Tai Shen Kuo, 58 anos, morador de Nova Orleans (Louisiana, sul dos EUA), foi condenado por um tribunal federal de Virginia a 188 meses de prisão e a uma multa de 40.000 dólares depois de se declarar culpado de conspiração para fornecer informações militares secretas à China.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.