Tamanho do texto

Madri, 26 abr (EFE).- Os 26 tripulantes - 13 espanhóis e 13 africanos - do navio pesqueiro espanhol Playa de Bakio, seqüestrado por piratas na Somália, já foram libertados, informou hoje a primeira vice-presidente do Governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega.

Em declarações a jornalistas no Palácio de la Moncloa, a sede do Governo, em Madri, De la Vega informou que o pesqueiro navega "rumo a águas mais seguras" escoltado por um navio da Armada espanhola enviado à Somália.

O "Playa de Bakio", com 26 tripulantes , foi abordado e seqüestrado no domingo passado por um grupo de piratas a 250 milhas do litoral da Somália. EFE jnr/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.