Tamanho do texto

Enormes plataformas de gelo, um das quais de 50 km2, se desprenderam do litoral do extremo norte canadense no mês passado estão à deriva no Oceano Ártico, anunciaram os cientistas nesta quarta-feira.

A plataforma de gelo Markham, uma das cinco do cinco del Artico canadense, com uma superfície de 50 km2, se desprendeu no início de agosto do litoral da ilha de Ellesmere e está atualmente à deriva no Oceano Ártico.

A plataforma de gelo Serson també perdeu dois vastos fragmentos.

"Neste verão, nos últimos dois meses, perdemos uma superfície de plataforma de gelo de 214 km2" (equivalente a três vezes a superfície da ilha de Manhattan), afirmou à AFP o dr. Luke Copland, diretor do laboratório de pesquisas sobre a criosfera da Universidade de Ottawa.

Em julho passado, dois blocos se desprenderam da plataforma de gelo Ward Hunt na mesma região. Esta plataforma continuou com sua desintegração e perdeu 22 km2 adicionais. Os fragmentos à deriva se romperam em seguida e viraram "ilhas de gelo" (icebergs tabulares).

"Estas mudanças são irreversíveis no clima atual e indicam que as condições ambientais que preservavam o equilíbrio destas plataformas de gelo durante milhares de anos mudou", explciou Derek Mueller, da Universidade de Trent, província de Ontário.

ps/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.