Tamanho do texto

San Salvador, 1 nov (EFE).- O presidente de El Salvador, Elías Antonio Saca, assegurou hoje que o Governo está preparado para enfrentar um litígio em um organismo internacional por causa do processo milionário que foi movido contra ele pela empresa italiana Enel.

"A companhia decidiu levar isto para arbitragem, o que está contemplado no contrato, a CEL (Comissão Executiva Hidroelétrica do Rio Lempa) tem a oportunidade de se apresentar a esse grupo de árbitros e resolver o problema", disse Saca esta tarde à imprensa.

O Governo foi processado pela Enel na Câmara Internacional de Comércio (ICC, na sigla em inglês), com sede em Paris, França, por US$ 120 milhões, sob o argumento de que se descumpriu um contrato de investimento que lhe permitiria adquirir mais ações na empresa local LaGeo. EFE chm/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.