Tamanho do texto

Músicos do mundo inteiro farão um grande show gratuito, no próximo sábado, em Roma, como parte de uma campanha organizada pelo governo colombiano contra o consumo de drogas.

Artistas da Europa e da América participarão do show, que será realizado na Piazza del Popolo (Praça do Povo).

"Tenho amigos que caíram nas redes das drogas e, por isso, apóio essa campanha", afirmou o cantor e compositor italiano Max Gazzé, em entrevista coletiva na sede da Província do Lacio.

"Sinto como um dever com a música e a cultura desse continente, que sempre me inspiraram", disse Tony Esposito, cujas composições misturam o ritmo latino-americano com o reggae e a música italiana tradicional.

A campanha "Vita senza droga" (Vida sem drogas) foi lançada no ano passado pelo embaixador colombiano Sabas Pretelt de la Vega, ex-ministro do Interior, e faz parte do conjunto de iniciativas organizadas pelo diplomata, nos últimos dois anos, contra o consumo de entorpecentes no mundo.

"Queremos gerar consciência e compromisso para que se combata, de maneira decidida e eficaz, os altos níveis de consumo de droga", reiterou o embaixador, destacando os danos causados à saúde e ao meio ambiente.

"Para uma única dose de cocaína, são destruídos cerca de dez metros quadrados de selva amazônica", denunciou o diplomata, na expectativa de sensibilizar os jovens ecologistas da Europa sobre um dos aspectos menos conhecidos das conseqüências do consumo de drogas.

Durante o evento, o pintor colombiano Andrés Posada fará uma "performance".

O governo do México, um dos países mais afetados pelo narcotráfico no mundo, também aderiu à campanha.

kv/tt/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.