Tamanho do texto

O Comitê Olímpico Internacional (COI) acredita que o pior já passou no que diz respeito aos incidentes em torno da tocha olímpica, afirmou a porta-voz do organismo, Giselle Davies, esta sexta-feira em Pequim.

"Os organizadores explicaram hoje (sexta-feira) que reforçarão seu trabalho para minimizar qualquer risco potencial que possa acontecer nas próximas etapas", explicou Davies, depois que o COI recebeu garantias do comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Pequim (8-24 de agosto).

"Não foi nada particular, simplesmente se tratava de reassegurar à comissão executiva que tudo está sob controle. E nós temos confiança", acrescentou.

A comissão executiva concluiu nesta sexta-feira uma reunião de dois dias em Pequim.

cw/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.