Tamanho do texto

Segundo as autoridades nenhum humano em contato com os animais foi afetado

Um surto de gripe aviária foi detectado nas cercanias de Lhasa, capital da região autônoma do Tibete (sudoeste da China), informou o Ministério da Agricultura chinês através da agência "Xinhua".

Os laboratórios confirmaram a presença do vírus H5N1 em 290 aves de fazenda que morreram este mês, destacaram as autoridades, assinalando que a epidemia está "sob controle" e que por enquanto não afetou humanos em contato com os animais.

A região do surto, na localidade de Sangda, foi isolada e esterilizada, e 1.575 aves foram sacrificadas para evitar a extensão da doença, acrescentou a agência.

Mais de 300 pessoas morreram no mundo todo por gripe aviária desde que a doença apareceu pela primeira vez, em 2003, período no qual infectou 565 pessoas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.