Tamanho do texto

SANTIAGO (Reuters) - O Chile registrou nesta segunda-feira oito novos casos de gripe H1N1, somando 82 pessoas infectadas, entre crianças e adultos, dos quais uma mulher de 32 anos se encontra em estado grave. Com o novo número divulgado pelo Ministério da Saúde, o Chile se mantém como o país com maior número de infectados na América do Sul.

Em um relatório diário, o Ministério da Saúde disse que a pessoa que se encontra em estado grave vive na zona sul do país e é atendida em um centro assistencial em Santiago.

Até agora, a maioria dos casos da nova gripe é de crianças de colégios de municípios de uma zona exclusiva da capital. Elas estão em boas condições de saúde.

(Reportagem de Antonio de la Jara)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.