Tamanho do texto

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ressaltou neste domingo a aliança estratégica de seu governo com a Rússia e deu luz verde para que barcos e aviões militares desse país entrem em território venezuelano caso seja necessário.

"A Rússia é uma aliada estratégica da Venezuela e que o mundo saiba", disse Chávez durante seu programa dominical Alô Presidente, no estado Barinas, 400 km a sudoeste de Caracas.

"Disse ao (primeiro-ministro russo, Vladimir) Putin e ao (presidente russo, Dmitri) Medvedev: na Venezuela têm luz verde. Serão bem-vindos os barcos russos com suas tripulações", disse o mandatário.

"Se aviões de longo alcance russos, que queiram dar a volta ao mundo, precisarem aterrissar em alguma pista venezuelana para abastecer, bem-vindos serão", acrescentou.

Chávez afirmou que adquirirá da Rússia um sistema de defesa de foguetes antiaéreos com alcance de até 200 quilômetros.

"Já temos os mísseis aqui e estamos disparando eles (...) Não queremos disparar isso em ninguém, mas que ninguém se equivoque conosco", advertiu o presidente.

Chávez, que reiterou recentemente o seu apoio à Rússia na disputa que esse país trava com a sua vizinha Geórgia pelo status das regiões georgianas da Abkházia e da Ossétia do Sul, afirmou que os Estados Unidos são os "agressores" no conflito.

rsr/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.