Tamanho do texto

La Paz, 28 jun (EFE).- O número de casos confirmados da gripe suína na Bolívia subiu para 126, sendo que os últimos 50 foram registrados entre ontem e hoje, segundo um relatório divulgado hoje pelo ministério da Saúde do país.

O diretor nacional de Epidemiologia, Eddy Martínez, confirmou à Agência Efe que 91 infectados pelo vírus A(H1N1) estão no departamento (estado) de Santa Cruz, que faz fronteira com Brasil e Paraguai.

Dos nove departamentos da Bolívia, apenas os de Beni e Pando, fronteiriços com o Brasil, e o de Chuquisaca não apresentaram casos da doença.

O diretor departamental de Saúde de Santa Cruz, Erwin Saucedo, disse que a quantidade de casos positivos detectados mostra "que a circulação do vírus parece se acelerar".

O Governo boliviano anunciou a criação de dois novos laboratórios de análise em Cochabamba e La Paz. O primeiro deles estará funcionando em dez dias.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ja/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.