Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos EUA, George W. Bush, disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos atravessam uma séria crise financeira, enquanto tenta convencer a população a apoiar um plano de socorro financeiro de 700 bilhões de dólares. Nós estamos no meio de uma séria crise financeira, e o governo federal está respondendo com uma ação decisiva, disse Bush em um pronunciamento pela TV.

Ele alertou que "o mercado não está funcionando adequadamente", que há uma perda generalizada de confiança, que importantes setores estão em crise, que mais bancos podem falir e que isso ameaça levar a economia dos EUA a uma recessão.

"Nós não podemos permitir que isso aconteça", afirmou.

(Reportagem de Tabassum Zakaria)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.