Tamanho do texto

O Papa Bento XVI expressou neste domingo o desejo de que os atletas selecionados para as Olimpíadas de Pequim dêem o melhor de si, como reza o verdadeiro espírito olímpico, e que o evento seja uma demonstração de fraternidade e de paz entre os povos.

O Papa se expressava depois da oração do Ângelus, celebrada em Bressanone, a pequena cidade das montanhas do Alto Ádige (nordeste da Itália) onde costuma passar as férias.

"No dia 8 de agosto, começam em Pequim os 29º Jogos Olímpicos. Estou feliz em dirigir minhas saudações cordiais ao país organizador e aos participantes, e em primeiro lugar aos atletas, com o desejo de que todos eles possam dar o melhor de si, como reza o verdadeiro espírito olímpico", declarou o Papa.

"Acompanho com muita simpatia este grande evento esportivo, o mais importante e mais esperado do mundo", acrescentou.

"Espero que as Olimpíadas proporcionem à comunidade internacional um belo exemplo de confraternização entre as pessoas das origens mais diversas, no respeito da dignidade comum", prosseguiu Bento XVI.

"Que o esporte possa ser mais uma vez uma demonstração de fraternidade e de paz entre os povos!", concluiu.

O Papa ficará em Bressanone até o dia 11 de agosto.

kd/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.