Tamanho do texto

Haia, 3 jul (EFE).- O ex-líder rebelde da República Democrática do Congo, Jean-Pierre Bemba, foi levado hoje da Bélgica à prisão em Haia do Tribunal Penal Internacional (TPI), instância que o acusa de crimes de guerra e contra a humanidade, confirmou hoje este organismo judicial.

A porta-voz do registro do TPI, Silvana Arbia, disse em comunicado que a Corte "aprecia os passos dados pelas autoridades belgas na detenção e transferência de de Bemba", que foi detido na Bélgica em 24 de maio.

A acusação contra Bemba, ex-membro do Movimento de Libertação do Congo, se baseia em cinco acusações por crimes de guerra e outros três por crimes contra a humanidade supostamente cometidos na República Centro-Africana entre outubro de 2002 e março de 2003. EFE mr/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.