Tamanho do texto

Três mísseis lançados por aviões sem piloto, provavelmente norte-americanos, deixaram onze mortos na manhã desta quinta-feira ao atingirem uma escola corânica de uma zona tribal do Paquistão próxima ao Afeganistão, anunciaram autoridades paquistanesas de segurança.

Dois aviões não pilotados lançaram três mísseis contra uma madrassa situada na localidade de Dandi Darpakhel, próxima a Miranshah, principal cidade do distrito tribal do Waziristão do Norte, indicaram testemunhas e autoridades locais.

"Dois aviões-espiões dispararam três mísseis contra a madrassa do mulá Mansur. Onze pessoas morreram no ataque com mísseis", disse um autoridade de segurança à AFP.

"Os moradores procuram por mais corpos entre os escombros", acrescentou.

Segundo testemunhas, todas as vítimas eram membros de tribos locais.

Algumas horas antes, o Parlamento paquistanês reunido a portas fechadas havia adotado uma moção que pedia ao Governo uma atuação eficaz frente às "incursões" norte-americanas.

Vários ataques atribuídos às forças norte-americanas mobilizadas no Afeganistão atingiram nas últimas semanas as zonas tribais paquistanesas, que se estendem ao longo da fronteira e, segundo Washington, servem de refúgio para talibãs e extremistas islâmicos ligados à rede Al-Qaeda de Osama bin Laden.

str-mmg/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.