Tamanho do texto

Um soldado britânico morreu em consequência de uma explosão no sul do Afeganistão, a primeira baixa de um soldado de Sua Majetade neste país em 2010, anunciou nesta segunda-feira o ministério da Defesa em Londres.

O soldado do primeiro batalhão do regime Royal Anglian morreu no domingo enquanto patrulhava na região de Nad e Ali, na conturbada província de Helmand.

Com 108 militares mortos no Afeganistão, o recém-terminado 2009 foi o ano mais mortífero para as tropas britânicas desde a guerra das Malvinas em 1982.

Mais cedo, um comunicado da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan informou que quatro soldados americanos morreram na explosão de uma bomba no sul do Afeganistão.

"Quatro soldados americanos da Isaf morreram depois da explosão de uma bomba improvisada no sul do Afeganistão", declarou um porta-voz da Isaf.

Estas também são as primeiras baixas americanas no Afeganistão em 2010.

Em 30 de dezembro, sete agentes da CIA foram mortos e seis feridos em um atentado suicida em uma base na região leste do Afeganistão.

kat/fp/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.