Gustavo Petro e Rodolfo Hernández, candidatos à presidência na Colômbia
reprodução/montagem iG - 30/05/2022
Gustavo Petro e Rodolfo Hernández, candidatos à presidência na Colômbia

Os colombianos votaram hoje (19) para a escolha do cargo de presidente do país, entre Gustavo Petro e Rodolfo Hernández, com uma votação presidencial massiva nas urnas e repleta de casos polêmicos, como a acusação por Petro de tentativa de fraude eleitoral. O resultado da contagem, que deve ser divulgado ainda hoje, que promete remodelar o país, após um primeiro turno eleitoral que puniu a  política. 

Durante a campanha, o candidato de esquerda Gustavo Petro questionou o cartório, encarregado de garantir a legitimidade das eleições, e indicou que analisará após a votação se aceita ou não os resultados.  As pesquisas mostraram Petro e o novato Hernandez, ambos ex-prefeitos, praticamente empatados, já que superaram quatro outros candidatos na eleição do primeiro turno em 29 de maio. 


Ao todo, a Colômbia conta com um eleitorado de 39 milhões de pessoas, porém uma alta abstenção nos votos é tradição no terceiro país mais populoso da América Latina, chegando até 40% em praticamente todas as eleições de os anos 90.  De acordo com veículos locais, os colombianos estão votando em meio ao descontentamento generalizado com o aumento da desigualdade, inflação e violência. Isso explica porque o segundo turno será definido por políticos fora dos grupos políticos tradicionais. 

Com informações da TeleSUR*

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários