UE condenou decisão da Rússia de facilitar cidadania russa para regiões sob controle de Moscou
Reprodução/Flickr
UE condenou decisão da Rússia de facilitar cidadania russa para regiões sob controle de Moscou


A União Europeia (UE) condenou nesta sexta-feira (3) a decisão da Rússia  de facilitar a aquisição da cidadania russa para residentes das regiões de Kherson e Zaporizhzhia, temporariamente sob o controle das tropas de Moscou, e anunciou que não reconhecerá os passaportes.

Em nota, a UE criticou "veementemente os decretos presidenciais russos de 25 e 30 de maio, simplificando o processo de concessão de cidadania russa e emissão de passaportes russos para cidadãos ucranianos das regiões de Kherson e Zaporizhia, bem como crianças ucranianas sem cuidados parentais e pessoas legalmente incapazes das regiões de Donetsk, Luhansk, Kherson e Zaporizhzhia".

Segundo o alto representante da UE para a Política Externa, Josep Borrell, o bloco "não reconhecerá esses passaportes, emitidos como parte da guerra agressiva da Rússia contra a Ucrânia".

"Qualquer tentativa de alterar o status de partes do território ucraniano é uma clara violação do direito internacional, da Carta da ONU e da Constituição da Ucrânia, prejudica ainda mais a soberania e a integridade territorial e não será reconhecida pela União Europeia", acrescenta o texto.


Borrell também condenou "veementemente qualquer tentativa da Rússia de substituir as administrações ucranianas democraticamente eleitas e legítimas".

Além disso, ele explicou que a União Europeia não aprova as "tentativas de introduzir o rublo russo como moeda paralela à hryvnia ucraniana" e "de mudar o idioma das aulas nas escolas nas regiões de Kherson e Zaporizhia, que estão atualmente sob o controle ilegal das forças armadas russas".

"A Rússia, sua liderança política e todos os envolvidos em violações do direito internacional e do direito internacional humanitário serão responsabilizados por essas ações ilegais", finaliza o comunicado.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários