Mais de 30 países suspenderam os voos de e para o Reino Unido
Agência Brasil
Mais de 30 países suspenderam os voos de e para o Reino Unido

Diversos países da Europa e de outros continentes impuseram nesta segunda-feira (21) restrições aos voos do Reino Unido , onde uma nova variante do novo coronavírus, mais transmissível, foi encontrada.   

Até agora, mais de 30 nações suspenderam os voos de e para o território britânico. A Itália, Alemanha, Países Baixos, Bélgica e França foram os primeiros a anunciarem o bloqueio no domingo (20).   

A medida, porém, foi logo seguida por outros países, como Áustria, Suécia, Lituânia, Letônia, Estônia, Finlândia, Omã, Croácia, Macedônia, Polônia e República Tcheca, Dinamarca e Portugal.   

Já Canadá, Romênia, Turquia, Bulgária, Índia, Arábia Saudita, Irã, Suíça, Kuwait, Irlanda, Noruega, Israel, Hong Kong, Argentina, El Salvador, Colômbia, Chile, Peru, África do Sul, Austrália, Jordânia e Marrocos também resolveram fechar suas fronteiras para voos do território britânico.   

A Rússia, por sua vez, anunciou que vai suspender as viagens a partir desta terça-feira (22). O Brasil  ainda não se manifestou.   

Mutação do vírus

Até agora, não se sabe se a variante é mais letal do que as anteriores, mas especialistas de saúde britânicos apontam que ela tem uma  transmissão mais rápida do que as demais – até 70% mais veloz, de acordo com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson. Por conta disso, o governo britânico determinou um lockdown em Londres e no sudeste da Inglaterra.   

A Organização Mundial da Saúde ( OMS ) informou que a mutação do Sars-CoV-2 "não está fora de controle" e descartou os impactos da variante sobre a produção de vacinas contra a doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários