caminhão
Reprodução/patch/miranda mauro
Filho subiu no caminhão para se despedir da mãe idosa em asilo


O jovem Scott Wolf foi impedido por seguranças de um asilo de entrar no local para se despedir da mãe, Jean, de 94 anos, paciente em fase terminal, por conta das medidas de segurança contra o novo coronavírus (Sars-cov-2). O jovem não desistiu de ter o último contato com a mãe e conseguiu ajuda de um funcionário para subir em um caminhão de bombeiros e ser erguido pela escada retratil. O caso ocorreu em abril, mas veio a público nesta semana.


A coordenadora do asilo, Sarah Petty, se comoveu com a dedicação do filho e o ajudou a organizar a despedida. Ela concedeu entrevista ao site patch e revelou que pensou  em construir uma escada extensível ou uma plataforma para levar o jovem até a janela do quarto.

"Eu estava tentando pensar fora da caixa para colocar esse cara no segundo andar para se despedir", disse Sarah ao site. Ao conter sobre o plano em casa um dos membros da família disse ter contato com o Corpo de Bombeiros da cidade e conseguiu um caminhão para ajudar na despedida. Scott subiu em uma cabine suspensa e conseguiu se despedir da mãe. 

    Veja Também

      Mostrar mais