Estudantes
Divulgação
Estudantes "encenam" a morte de George Floyd

Um vídeo que mostra dois alunos de Jefferson Hills, nos arredores de Pittsburgh, Pensilvânia, nos EUA, acendeu ainda mais a fúria de manifestantes contra o racismo. Nas imagens, os dois estudantes - brancos - do ensino médio encenam a morte de George Floyd, em Minneapolis , na semana passada, que provocou uma violenta onda de protestos dentro e fora dos EUA.

Leia mais: "Ele nunca vai vê-la se formar ou no altar", diz mãe da filha de George Floyd

Um grande número de moradores denunciou o vídeo à polícia local. Até James Conner, jogador do Pittsburh Steeler (time da NFL, liga de futebol americano) postou o vídeo no Twitter, mostrando grande indignação, afirmando que as imagens eram "doentias e vergonhosas".

Brian Finnerty, chefe de polícia da vizinha Pleasant Hills, disse que "não podia acreditar" no que via no vídeo viralizado, contou afiliada da rede CBS. Autoridades de Educação da região tomaram conhecimento do vídeo no domingo (31). Os envolvidos, entretanto, não tiveram as identidades reveladas.

"Tomamos conhecimento de um vídeo ofensivo em que alunos do ensino médio fazem graça com a recente tragédia em Minneapolis relacionada à morte de George Floyd . Ficamos chocados e enojados com o vídeo", afirmou em nota o West Jefferson Hills School District.

Leia também: Ex-policial que asfixiou Floyd é transferido para prisão de segurança máxima

Na segunda-feira (1), barricadas foram erguidas para bloquear a entrada da Pleasant Hills Middle School. Não houve registro de incidentes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários