Uma mulher foi agredida por policiais porque elae seu filho usavam a máscara de proteção contra o  Covid-19  de forma "inadequada".

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que a mulher ao tentar pegar o metrô com seu filho, no distrito do Brooklyn, em Nova Iorque, é abordada pelos guardas.

Nas imagens, é possível perceber que ela e o filho estão com a máscara no pescoço e não cobrindo o rosto conforme indicado por médicos. A confusão começa e os policiais acabam imobilizando a mulher que se debate no chão, enquanto uma policial fica com o filho da jovem.

Covid-19: mulher morre depois de levar cusparada em estação de trem

Pessoas que filmam a ação gritam repetidamente contra a condução dos policiais na ocorrência. É possível ouvir gritos de "ela [a jovem] tem um bebê com ela, isso é demais".

Segundo o jornal New York Post, uma porta-voz da polícia informou que a confusão foi iniciada pela própria mulher que se recusou a usar a máscara corretamente.

Bill de Blasio, prefeito de Nova York, postou um tuíte com a gravação da agressão e falou que "as proteções de rosto são importantes para proteger todos — eles [proteções] não são opcionais. Mas ninguém quer ver uma interação se transformar nisso. Nós tivemos um progresso com a redução da quarentena. Não é isso", pontuou Blasio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários