cidade
Wikimedia Commons/User:Man
Trípoli na Líbia, cidade onde ocorreu o ataque

Um ataque das forças do marechal Khalifa Haftar atingiu na noite desta quinta-feira (7) o bairro de Trípoli onde fica a residência do embaixador da Itália na Líbia, Giuseppe Buccino Grimaldi.

A ação deixou pelo menos três pessoas mortas, segundo o Ministério da Saúde do país africano, incluindo dois agentes de segurança do Ministério do Interior.

Leia também: Rebanho de 3000 camelos é flagrado nas ruas da Líbia

“Esses ataques indiscriminados são totalmente inaceitáveis e denotam desprezo pelas normas do direito internacional e pela vida humana", disse o Ministério das Relações Exteriores da Itália.

Haftar promove há quase um ano uma ofensiva para tomar Trípoli, sede do governo de união nacional reconhecido pela ONU, e chegou a se autoproclamar o novo líder da Líbia, mas ainda não conseguiu conquistar a capital.

Leia também: Ataque contra academia militar deixa 28 mortos na Líbia

O marechal controla a maior parte do país, sobretudo o leste e o desértico sul, e lidera um conjunto de milícias chamado Exército Nacional Líbio e que é contrário ao Islã político.

    Veja Também

      Mostrar mais