Londres arrow-options
Thinkstock
Reini Unido decide manter quarentena para combater novo coronavírus


Em decorrência à pandemia do novo coronavírus, o ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab, anunciou hoje que a quarentena se estenderá por mais três semanas. Segundo ele, as medidas de isolamento físico (novo termo utilizado pela OMS para o isolamento social ) estão sendo eficazes na região.

Mesmo com os bons resultados consequentes ao distanciamento, o ministro afirmou que os números de contaminação precisam abaixar ainda mais.

Leia também: Harry e Meghan doam R$ 585 mil ao combate à Covid-19

“Qualquer mudança nas medidas de distanciamento social agora correria o risco de aumento significativo de infecções", explicou. Raab está no lugar do primeiro-ministro, Boris Johnson , que está se recuperando da Covid-19 .

Leia também: "Não estamos no pico ainda", alerta OMS sobre pandemia de Covid-19

O Reino Unido é uma das nações mais afetadas na região da Europa. O território tem mais de 14 mil mortes e mais de 100 mil pessoas infectadas pela doença. Os números chegaram a reduzir, mas nas últimas 24 horas a situação voltou a ser alarmante. Foram 861 morte registradas, número 100 vezes maior do que o registrado no dia 14.

    Veja Também

      Mostrar mais