Papa Francisco
Gabriel Andrés Trujillo Escobedo
Papa Francisco aceitou o pedido de Arthur J. Serratelli

O papa Francisco aceitou a renúncia do bispo da Diocese de Paterson, em Nova Jersey (EUA), Arthur J. Serratelli, de 76 anos. O religioso, que já superou a idade de aposentadoria compulsória na Igreja, foi envolvido em um escândalo há cerca de 10 anos.

Leia também: Ex-pré-candidata democrata, Elizabeth Warren declara apoio a Biden

Na época, após a denúncia de uma mulher de que um padre local abusou sexualmente dela, o então bispo de Newark transferiu o sacerdote acusado, Wladyslaw Gorak, e escreveu uma carta falando do "bom caráter moral" do religioso. Na Justiça, a diocese local fechou um acordo financeiro com a vítima para finalizar o caso.

Há pouco mais de um ano, em outra denúncia - dessa vez do site católico conservador "Lifesitenews", Serratelli foi criticado por não punir um padre de sua diocese por "inadequado comportamento sexual ".

Para o seu lugar, foi nomeado Kevin J. Sweeney, da Diocese do Brooklyn, em Nova York.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários