recém-nascidos com Covid-19
shutterstock
9 dos 10 recém-nascidos com Covid-19 tiveram alta

Dez recém nascidos testaram positivo para o novo coronavírus (Sars-Cov-2) na mesma maternidade da cidade de Timisoara, no oeste da Romênia. O Ministério da Saúde abriu uma investigação sobre o caso e, após as mães dos bebês testarem negativo para Covid-19, concluiu, na noite desta segunda-feira (6), que a contaminação ocorreu devido ao contato com a equipe médica do hospital.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

"As mães são negativas, os bebês são positivos", afirmou o ministro da Saúde, Nelu Tataru, que afirmou que isso levou à conclusão de que os recém-nascidos foram infectados por Covid-19 pelo “contato com o pessoal médico”. 

O ministro afirma que esse caso mostra que "as falhas na atividade, tanto dos responsáveis da maternidade quanto da direção da saúde pública local". No dia 31 de março, a maternidade ficou em quarentena por ao menos 12 horas, mas foi reaberta no dia seguinte, pois as autoridades locais de saúde havia concluido que não havia “qualquer risco de contaminação para os pacientes e para os médicos".

 A Romênia registrou, até está terça (7), 4.417 casos, desses 274 em situação grave e 460 curados, e 197 mortes pelo novo coronavírus .

"Há dois dias que vivo em um filme de terror", afirmou uma das mães dos recém-nascidos , ao jornal local pressalert.ro."O pessoal [de saúde] não usava máscaras. Na quarta-feira, soubemos que havia um caso de coronavírus. Na quinta, o hospital foi desinfectado com a gente dentro".

Leia também: De gripezinha a "não é tudo isso": vezes em que Bolsonaro minimizou coronavírus

Os recém-nascidos estão em saudáveis e, até o momento, nenhum deles apresentou sintomas de Covid-19 . Nove dos bebês e suas mães receberam alta da maternidade e puderam ir para casa, onde ficaram em isolamento. O ministro afirma que, nos próximos dias, eles serão novamente testados.


    Veja Também

      Mostrar mais